Imigração

CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa)

A quem se destina:

Destina-se aos cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Os países integrantes da CPLP são: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné Equatorial.

O processo de legalização começa com a obtenção de um visto de residência, que se destina a permitir ao seu titular a entrada em Portugal a fim de solicitar uma autorização de residência.

Visto de Residência CPLP

Requisitos:

Os associados ao tipo de visto de residência solicitado.

Processo:

1º Passo – Pedido de visto

O visto de residência deverá ser solicitado no Consulado português do país (e Estado Federal, se aplicável) de residência.

O visto emitido dá direito a 2 entradas em Portugal e é válido por 120 dias, período durante o qual o seu titular deverá viajar para Portugal.

2º Passo – Pedido de autorização de residência

Após a entrada em Portugal, o requerente terá de comparecer num agendamento junto da AIMA (Agência para a Integração Migrações e Asilo), para disponibilizar informação atualizada e recolha de dados biométricos (fotografia, impressões digitais e assinatura).

3º Passo – Recebimento do cartão de residência

Após o agendamento, o cartão de residência será enviado para a morada registada do requerente em Portugal.

O cartão de residência é válido por 2 anos. No final desses 2 anos, poderá ser feita a sua renovação por um período adicional de 3 anos. No final dos 5 anos poderá optar-se por requerer a autorização de residência permanente ou a nacionalidade portuguesa.

Visto de Procura de Trabalho CPLP

Requisitos:

Para obter um visto de procura de trabalho, o requerente terá, entre outros requisitos, de apresentar uma declaração de manifestação de interesse para inscrição no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Processo:

1º Passo – Pedido de visto

O visto deverá ser solicitado no Consulado português do país (e Estado Federal, se aplicável) de residência.

O visto emitido dá direito a 1 entrada em Portugal e é válido por 120 dias, prorrogável por mais 60, período durante o qual o seu titular deverá viajar para Portugal a fim de encontrar trabalho.

O seu titular é autorizado a trabalhar durante este período ou até que a autorização de residência seja concedida, se for assinado um contrato de trabalho com entidade sediada em Portugal.

Se o requerente não encontrar trabalho dentro dos 180 dias permitidos, deve deixar Portugal, mas pode voltar a candidatar-se um ano depois.

2º Passo – Pedido de autorização de residência

Após a entrada em Portugal, o requerente terá de comparecer num agendamento junto da AIMA (Agência para a Integração Migrações e Asilo), para disponibilizar cópia assinada do contrato de trabalho e recolha de dados biométricos (fotografia, impressões digitais e assinatura).

3º Passo – Recebimento do cartão de residência

Após o agendamento, o cartão de residência será enviado para a morada registada do requerente em Portugal.

O cartão de residência é válido por 2 anos. No final desses 2 anos, poderá ser feita a sua renovação por um período adicional de 3 anos. No final dos 5 anos poderá optar-se por requerer a autorização de residência permanente ou a nacionalidade portuguesa.

Autorização de residência CPLP

Requisitos:

Os cidadãos nacionais de Estados em que esteja em vigor o Acordo CPLP e que tenham entrado legalmente em território nacional, podem requerer a autorização de residência CPLP junto da AIMA (Agência para a Integração Migrações e Asilo).

Processo:

1º Passo – Entrada em Portugal

Após a entrada em Portugal, o requerente deverá submeter o seu pedido em portal gerido pela AIMA (Agência para a Integração Migrações e Asilo) para requerer uma autorização de residência CPLP.

2º Passo – Emissão de Autorização de Residência para cidadãos CPLP

Após a submissão do pedido, será emitido online, em formato digital, um Certificado de Concessão de Autorização de Residência para cidadãos CPLP.

O Certificado de Concessão de Autorização de Residência para cidadãos CPLP é emitido pela duração inicial de um ano e não permite, por si só, a livre circulação no Espaço Schengen.

Contacte-nos para saber mais detalhes.

A Lamares, Capela & Associados tem o compromisso de proteger e respeitar a sua privacidade e usaremos as suas informações pessoais apenas para gerir a sua conta e fornecer os produtos e serviços que nos solicitou. Ocasionalmente, gostaríamos de contactá-lo sobre os nossos produtos e serviços e também sobre outros assuntos que possam ser do seu interesse.

Outros Contactos

A Lamares, Capela & Associados presta os seus serviços a pessoas e empresas nacionais e internacionais.

Lisboa, Portugal

Contacte-nos para saber mais detalhes.

A Lamares, Capela & Associados tem o compromisso de proteger e respeitar a sua privacidade e usaremos as suas informações pessoais apenas para gerir a sua conta e fornecer os produtos e serviços que nos solicitou. Ocasionalmente, gostaríamos de contactá-lo sobre os nossos produtos e serviços e também sobre outros assuntos que possam ser do seu interesse.
Valorizamos a sua privacidade

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, apresentar anúncios ou conteúdos personalizados e analisar o nosso tráfego. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de cookies.