Cidadãos brasileiros com luz verde para a obtenção de múltiplas nacionalidades

nacionalidade portuguesa para cidadaos brasileiros

Recentemente, a Constituição brasileira passou por uma importante alteração que visa proteger aqueles que desejam ter múltiplas nacionalidades voluntariamente, seja através do processo de naturalização – após residir por um determinado período em um país – ou por outras formas derivadas, como é o caso do casamento. Isto vem facilitar a obtenção de nacionalidade portuguesa para cidadãos brasileiros. Vejamos como.

De acordo com a notícia que cobre esta mudança na lei, “a perda de nacionalidade brasileira agora está restrita a duas situações: quando o cidadão solicita expressamente a renúncia – desde que isso não o torne apátrida, ou seja, sem cidadania reconhecida por nenhum outro país -, ou em casos de decisão judicial relacionada a fraude no processo de naturalização ou atentado à ordem constitucional e ao Estado Democrático.”

Embora raramente tenha ocorrido, muitos cidadãos brasileiros receavam iniciar o processo de aquisição da nacionalidade portuguesa através do casamento, com medo de perderem sua nacionalidade de origem.

Este receio aumentou especialmente após o caso de Cláudia Hoerig, uma das tais excepções raras, acusada de homicídio nos Estados Unidos, que fugiu para o Brasil. Este caso levantou preocupações porque lhe foi retirada a nacionalidade brasileira para se poder proceder à extradição para os Estados Unidos.

 

Nacionalidade portuguesa para cidadãos brasileiros

Embora os cidadãos brasileiros sejam um dos grupos que mais obtêm a nacionalidade portuguesa – seja por descenderem de portugueses ou por naturalização devido ao tempo de residência em Portugal, poucos têm solicitado a nacionalidade portuguesa por casamento nos últimos anos.

Esta afirmação baseia-se em uma perspetiva proporcional. Na verdade, de acordo com o relatório do SEF de 2022, a nacionalidade brasileira lidera as solicitações de nacionalidade por casamento em Portugal, no entanto, acreditamos que esses números poderiam ter sido maiores em anos anteriores tendo em conta o número de conjugês que obtiveram a nacionalidade portuguesa.

Acreditamos que os números certamente aumentarão no futuro. Isso deve-se à recente garantia de que a perda da nacionalidade brasileira só ocorrerá em circunstâncias específicas, eliminando o risco genérico anteriormente percebido.

Em virtude do receio de perder a nacionalidade de origem, que anteriormente influenciava muitos cônjuges a optarem apenas pelo pedido de residência por reagrupamento familiar, a verdade é que são status distintos e a cidadania portuguesa torna a vida do cidadão, especialmente aquele que deseja residir ou investir em Portugal, muito mais favorável e simplificada do que uma Autorização de Residência.

Se desejar esclarecer ou aprofundar este tema, não hesite em entrar em contato conosco. Estamos à disposição para ajudá-lo em todas as etapas do processo.

Contacte-nos para saber mais detalhes.

A Lamares, Capela & Associados tem o compromisso de proteger e respeitar a sua privacidade e usaremos as suas informações pessoais apenas para gerir a sua conta e fornecer os produtos e serviços que nos solicitou. Ocasionalmente, gostaríamos de contactá-lo sobre os nossos produtos e serviços e também sobre outros assuntos que possam ser do seu interesse.

Partilhar artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Contacte-nos para saber mais detalhes.

A Lamares, Capela & Associados tem o compromisso de proteger e respeitar a sua privacidade e usaremos as suas informações pessoais apenas para gerir a sua conta e fornecer os produtos e serviços que nos solicitou. Ocasionalmente, gostaríamos de contactá-lo sobre os nossos produtos e serviços e também sobre outros assuntos que possam ser do seu interesse.
Valorizamos a sua privacidade

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, apresentar anúncios ou conteúdos personalizados e analisar o nosso tráfego. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de cookies.